Instagram Top Grid

Siga-me no:

  • Post Image

Olá Galerinha, tudo bem?

Bom acredito que a maioria de vocês estão acompanhando os acontecimentos da ultima semana, mas resolvi trazer aqui pra quem ainda não entendeu.

 

Roberto, Carlos, Cleiton, Wilton e Wesley. Assim como muitos jovens de sua faixa etária (entre 16 e 25 anos), eles estavam comemorando o primeiro emprego de um deles.

O problema nesse caso é que esses garotos eram alvos do racismo que nosso país insiste em negar

A tag viralizou na internet: #seráqueéracismo
O uso de hashtags para protestar vem se tornando popular no meio virtual. Seguindo a mesma linha de #meuprimeiroassedio e #meuamigosecreto a ultima hashtag começou por conta do assassinato cruel de 5 jovens negros.
Os jovens foram alvejados com mais de 100 tiros na zona norte do RJ enquanto iam de carro lanchar.
Os policiais tentaram alterar a cena do crime e fazer com que 5 inocentes se tornassem culpados, o que não justifica tamanha perversidade e nem encobre o racismo motivador do ato.
A juventude negra é o principal alvo de violência do estado e o silêncio nunca foi uma opção.
#seráqueéracismo viralizou no Twitter e Facebook denunciando o racismo cotidiano em um país que insiste em não reconhecer o preconceito racial e social.

#seráqueéracismo

Mas a discriminação racial é um crime inafiançável com pena de até 3 anos, jamais deve ser banalizado.

 

assinatura Sá ollebar

1
Compartilhe

Você também pode gostar

Comentários no Facebook